Quanto CBD devo tomar? Guia de dosagem de CBD

Quanto CBD devo tomar

Por esta altura, é muito provável que já tenhas ouvido falar sobre o CBD e os seus inúmeros benefícios de saúde. Mas quanto é que é preciso tomar para sentir realmente esses efeitos?

A informação sobre este composto encontra-se algo dispersa pela internet, e é preciso que tenhamos a capacidade de interpretar o que nos aparece à frente, de entre tudo aquilo que vemos no decorrer dos nossos scrolls supersónicos. É imperativo garantir que as fontes são credíveis e que o artigo é de confiança.

Muitas perguntas permanecem, assim, uma incógnita para aqueles que se interessam por CBD. O que é? É seguro? E como é que o devo tomar?

Neste artigo, compilámos toda a informação que precisas de saber para poderes tomar o teu CBD e relaxar em segurança. Agradeces depois!

O que é o CBD?

First things first. O CBD é a abreviatura para Canabidiol, o nome de um dos compostos orgânicos que compõem a planta de canábis. Ao contrário do THC, o canabinóide responsável pela alteração da nossa percepção e estado de consciência — “moca” para alguns, experiência reveladora para outros — o CBD não é psicadélico por natureza e não nos deixa num estado alterado.

Este composto tem vindo a ser estudado até ao mais ínfimo detalhe e a sua produção otimizada para que seja possível obter o produto mais puro possível.

Desta forma, o CBD foi aceite de braços abertos pela comunidade médica e tem sido receitado para o tratamento de uma multitude de sintomas como dor crónica, stress/ansiedade, inflamação intestinal, entre outros.

Por não causar a mesma sensação de “moca” que o THC, o CBD não é tão procurado pelos utilizadores recreacionais de canábis. Mas a verdade é que este composto é um diamante em bruto, munido de benefícios de saúde e sem quaisquer efeitos adversos para o seu utilizador.

O CBD é 100% legal em Portugal, você pode ler mais aqui.

CBD: Guia de dosagem

Determinar quanto CBD tomar pode revelar-se uma gigantesca dor de cabeça para alguns.

À falta de regulamentação generalizada para este canabinóide, ficamos sem acesso a qualquer tipo de recomendação oficial relativamente às doses que devemos tomar.

Mas a maioria dos especialistas concordam numa coisa: sobretudo em primeiras utilizações, deves começar com doses mais reduzidas e aumentar progressivamente à medida que avalias o seu efeito no teu corpo.

A quantidade de CBD que tomas deve depender de alguns fatores como:

  • O teu peso;
  • A condição que estás a tratar;
  • O teu metabolismo;
  • A concentração de CBD no teu óleo, cápsula, ou comestível.

Pessoas diferentes podem reagir de forma distinta ao CBD, por isso deves avaliar primeiro a tua situação antes de definir uma nova dose aleatoriamente. Começa com uma dose inicial entre os 20 e 40 miligramas por dia. Se não sentires efeitos, na semana seguinte poderás aumentá-la ligeiramente. E assim sucessivamente até atingires os resultados que pretendes.

A FSA, agente reguladora do governo britânico, recomenda uma dose diária máxima de 70mg de CBD. E apesar dos estudos demonstrarem não haver efeitos secundários adversos associados, a evidência científica compilada até agora é demasiado recente para suportar essa mesmo afirmação para doses maiores.

Como tomar?

O CBD é disponibilizado em diferentes tipos de produtos: óleo de CBD, comestíveis, cápsulas/comprimidos, cremes e até mesmo vaporizadores. As doses podem, variar de acordo com o tipo de produto que estás a consumir.

Idealmente, verás a quantidade de CBD assinalada na embalagem do produto, em mg, e as informações de cada produtor ajudar-te-ão a regular a dose para o teu produto. E lembra-te: o CBD demora a produzir efeitos no teu organismo. Sê paciente.

Quando tempo demora até sentir os efeitos?

O tempo que demora vai depender da forma que escolheres para tomar CBD.

Os comestíveis, por exemplo, têm de passar por todo o teu sistema digestivo até serem absorvidos pelo corpo. Por outro lado, os óleos podem ser administrados de forma sublingual e absorvidos quase diretamente pela nossa corrente sanguínea.

Para teres uma ideia, fica aqui com uma lista das formas mais comuns de consumir CBD e de quanto tempo demora até fazerem efeito:

  • Comestíveis: até 2 horas
  • Óleos/tinturas sublinguais: entre 15 e 45 minutos
  • Cremes tópicos: entre 45 e 60 minutos
  • Vaporizadores: entre 15 e 30 minutos

Se tomas medicação regularmente para qualquer tipo doença ou condição física, deverás SEMPRE consultar o teu médico antes de experimentar pela primeira vez CBD. A ajuda especializada é o melhor diagnóstico que tens ao teu dispor e nunca o deverás trocar por informação dúbia que encontres nos confins da internet.

Consumo responsável

O CBD tem tendência a ser tolerado pela generalidade das pessoas e, atualmente, não existe evidência médica que aponte para quaisquer efeitos adversos associados ao seu consumo. No entanto, é sempre melhor falares com o teu médico primeiro, sobretudo:

  • Se tiveres alguma condição médica subjacente;
  • Se estiveres a tomar algum medicamento, seja de prescrição ou não;
  • Se estiveres grávida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *